Pular para o conteúdo principal

FORENSE COMPUTACIONAL | Combate aos crimes digitais

A função da perícia digital ou forense digital ou forense computacional, carreira que mescla a área jurídica com a tecnologia da informação, é reconstruir o passado, constatar a materialidade e apurar a autoria de incidentes tecnológicos. A forense computacional é crescente nos setores público e privado, pois são muitos os casos de fraudes, furtos e agressões que passaram a ser frequentes através de dispositivos informatizados, seja ele um computador de mesa ou um celular.


Aos poucos durante um tempo, e agora mais frequente, existe a necessidade de um profissional com conhecimento em perícia forense computacional, capazes de investigar e produzir laudos periciais que provem a autoria e materialidade de um delito eletrônico. Os profissionais que atuam na área forense computacional são chamados de peritos por possuírem um nível avançado de conhecimento e trabalharem com a investigação de crimes de natureza tecnológica.

Existem os peritos que atuam em órgão públicos com entradas através de concursos, mas também existem os peritos como profissionais autônomos que atuam de acordo com o quanto o cliente está disposto a pagar para contratarem os seus serviços. 

Os valores de serviços de perito variam bastante de região para região, fica dependendo da demanda regional, reconhecimento da profissão e valorização do próprio profissional. Existem situações em que são determinados por juízes ou tribunais os valores fixos para cada perícia, e neste caso ocorre uma diferença de valores recebidos porque a maioria dos peritos recebem por hora de trabalho. Na maioria dos casos a cobrança do valor é feita previamente através de um orçamento do serviço de acordo com a complexidade e necessidade de cada caso. Os valores médios cobrados por peritos (profissionais liberais) em casos de baixa e média complexidade tem sido entre R$ 90,00 a R$ 140,00 por hora de trabalho, e até R$ 250,00 em casos de empresas especializadas. O mercado para perito forense computacional é promissor, portanto, crie gradativamente o seu portfólio e mantenha sempre a ética. 

Esteja preparado para os desafios!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HACKER | Análise de Vulnerabilidade e Pentest em Celulares

Vamos apresentar agora um resumo sobre o assunto e no final do artigo você clica no link para conhecer o curso Hacker Investigativo que tem em um de seus módulos o treinamento direcionado para analisar vulnerabilidades e realizar pentest em celulares e sistemas em geral. 

Em algum momento você já percebeu que existe diferença entre Análise de Vulnerabilidade e Pentest? 

Então, Análise de Vulnerabilidade e Pentest não é a mesma coisa. Sendo assim, veja alguns detalhes importantes: 
Análise de Vulnerabilidade 

É o processo de identificação de falhas que o expõem a ameaças, sendo que essas falhas podem ser causadas por erros de programação, má configuração ou simplesmente falha humana. 
A análise serve para mapear os programas e serviços que possam conter falhas e vulnerabilidades, reportando esses resultados através de um relatório. O objetivo é garantir maior segurança ao ambiente e estabelecer uma nova linha de base para futuras análises. 
Quando há suspeita de algum risco é preciso te…

HACKER | Ferramentas essenciais para realizar Pentest

Quais as ferramentas para um Pentest? Cada profissional usará uma forma diferente de realizar o Pentest, mas existem ferramentas essenciais para o serviço. Estude as ferramentas e técnicas Pentest agora!

Uma indicação para os profissionais da área é o Kali Linux (antigo Backtrack), que é um sistema operacional feito para hackers e para a realização de testes de intrusão. O Kali é uma distribuição Linux que possui centenas de ferramentas para realização de testes de segurança e para exploração de vulnerabilidades.

Inscreva-se agora no Curso KALI LINUX | Penetration Testing | Testes de Invasão, Hacking, Pentest! Aulas sobre técnicas hackers e/ou técnicas utilizadas por especialistas em segurança da informação. O Kali Linux é a distribuição Linux mais utilizada para análise de vulnerabilidades em redes de computadores e testes de penetração (pentest). São mais de 300 ferramentas disponíveis no sistema e que podem ser utilizadas para avaliar os níveis de segurança de sistemas computacionai…